Fractura eXposta

Wednesday, April 26, 2006

Fractura fraquinho

Nestes últimos tempos muito se tem discutido por aqui acerca da alegada baixa de qualidade do ex-mui respeitável "Fractura Exposta".
"Já não é o que era", "Prometeu tanto e agora isto..." são algumas das opiniões que muitos dos Fracturantes fazem ouvir nos sempre respeitáveis e polémicos comments...
Ora eu resolvi matutar e deitar-me sobre esta questão (já que não consigo deitar-me antes com uma rapariga) e analisar as razões para o facto deste blog, outrora fervilhando de criatividade e polémica, estar, em linguagem técnico-científica: "fraquinho..."

1- a primeira razão, e talvez a mais importante é o facto de, felizmente, os últimos tempos terem sido de férias para os alunos da sempre prestigiada FML. Senão veja-se... semana e meia de férias de Páscoa, junta-se fim de semana prolongado do 25 de Abril (sempre!) e isto resulta em menos que uma mão cheia de dias de aulas (oohhhh, lamenta-se o estimado leitor manifestando toda a sua decepção com tal constatação)...
2- outra razão prende-se com o facto de, ultimamente, não se terem verificado situações de grande ridicularidade a que o Fractura se pudesse agarrar para efectuar o seu humor (se é que assim podemos dizer...). De frisar que o tema "Campaínhas de bicicleta roxas" apesar da sua incontestada incompreensibilidade não constituía matéria prima suficiente para construír um post, digamos assim, digno...
3- cansaço. Creio ser esta outra das razões para a diminuição de actividade. Parece que não, mas manter um blog cansa. Especialmente quando tudo o que se escreve (quer seja mau, como foi, quer seja inofensivo) seja constantemente posto em causa. Nós também temos orais de anatomia para fazer, mini-testes de BMC para estudar, seminários para preparar e, sinceramente, neste momento, para os autores deste blog, escrever aqui perdeu muito do seu prazer inicial (o Amukinado inclusivamente costumava comparar a elaboração dum post a um orgasmo... hoje em dia não passa de um pesadelo sexual com a nossa querida regente de BMC).
4- os comportamentos infelizes de alguns dos intervenientes do blog. Eu, em primeiro lugar, como já assumi mas muitos outros anónimos (que tanto nos pedem para mostrar a cara) e que cuja contribuição/crítica para melhorar este blog é igual ao nível de utilidade da "saudosa" Bioestatística. Nós nunca apagámos comentários. Talvez por termos uma cultura democrática (algo que se comemora muito por estes dias e que faz falta a muito boa gente...). Nem mesmo quando estes se tratavam de ameaças físicas absurdas ou do mero insulto baixo. Ou mesmo quando se tratou do ataque inqualificável a um colega nosso que, curiosamente, até é inocente e não tem culpa de não ser da mesma raça que os demais mui honrosos estudantes de Medicina. O que se passou aqui não foi bonito e penso que é uma das mais fortes razões para a perda do entusiasmo dos bloggers e do interesse dos commenters-não-interessados-numa-polémica.
5- o meu "retiro", que apesar de continuar a achar que foi a opção mais correcta, privou este blog por algum tempo de alguém que tinha escrito aproximadamente 3/4 dos textos aqui publicados...

Em suma, o Fractura passou por tempos difíceis. Pensámos inclusivamente em fechar a loja ou prosseguirmos noutro blog (mais íntimo). Isso nunca esteve tão perto. Contudo, decidimos seguir com o barco. Talvez por sabermos que ainda existe gente que gosta do que escrevemos, talvez por sabermos que este blog é uma forma priveligiada de mostrarmos o que pensamos e fazermos algo que muito nos apraz: escrever, talvez por sabermos que não encontraríamos tão facilmente outro escape e outras audiências para as parvoíces que para aqui vomitamos (parece-me tão apropriado este termo), ou talvez por sermos teimosos, perfeitamente casmurros que não gostam de dar o braço a torçer e continuar a lutar por aquilo em que acreditamos e no que nos sentimos bem a fazer (não sei se isso também nos invalida de um dia poder vir a ser médicos...)
Quanto a mim, o retiro acabou. Pensei em desistir, até porque não preciso disto para nada. Mas desistir não faz, nem nunca fez, parte da minha personalidade... Já reflecti sobre os erros que cometi e fica a promessa de tentar ser mais racional no que escrevo. Agora, pelos momentos difíceis por que o blog passou, e visto as formidáveis pessoas que me dão a honra de escrever com eles, achei que não era hora de abandonar o barco.
Quanto a vós, caríssimos leitores, apelo apenas a que todos possam fazer deste sítio um local melhor, com muita mais qualidade (volto a dizer, a crítica- desde que construtiva- e a sugestão é sempre bem vinda...)

Por agora não esperem muita mais actividade... Afinal...
CHEGARAM AS OLIMPÍADAS...
(volto para a semana, se o fígado deixar!)

Saturday, April 22, 2006

A Culpa é do Atum

AVISO (!):
O espaço que se segue é de quase total responsabilidade de HSES (a parte da responsabilidade que não é de HSES é minha, como é obvio, na medida em que fui eu quem decidiu publicar o texto):

Estava a pensar que o que falta a este blog é uma parte didáctica, enfim, algo que possa de facto preencher aquele espaço ventoso ao qual muitos, humildemente, chamam de cérebro. Pensei em muitos temas, sim, repito e enfatizo, Pensei, esforço que vai sendo raro nos dias que correm onde a imitação é tão recorrente, fácil e, injustificadamente, bem aceite e congratulada. Pois estava eu sentado no meu trono a formular mentalmente este texto quando me saiu, repito e enfatizo, saiu, com muito agrado meu devo acrescentar, A ideia... (não posso confirmar, mas é possível que o rolo de papel higiénico que se encontrava na minha frente tenha dado uma ajudinha pois transportou-me para outras situações que todos homens, o Amukinado especialmente, irão entender depois de pacientemente lerem este post).
Desde que me conheço como gente que A pergunta existencial me assombra: mas como raio viemos aqui parar?
Frustrado pelas incoerências e pela falta de justificação do “mas e antes disso?” que a teoria da evolução nos dá e demasiado crescido para a história do Adão decidi procurar vias alternativas e eis que senão quando tropeço, quase literalmente, na história da criação do mundo, e da humanidade, pelos egípcios! Como alguém diria, e permitam-me somente neste caso o plágio, “Epá, GENIAL!!!”
Tudo começou com o Atum (não não, não é esse atum que todos já tivemos o prazer de saborear, é O Atum). Lá estava o Deus Atum (que para quem continua com dúvidas tinha serpentes na cabeça, ora onde é que já se viu um atum com serpentes na cabeça, seguravam-se onde? Só se fosse na anilha!), sozinho, levando uma vida cheia de marasmo e ócio no seu limbo vazio denominado Heliópolis! Atum, coitado, sentia-se muito sozinho, então, para se entreter (e note-se que ele era O Atum) fez aquilo que todo o homem faz quando se sente deprimido e sozinho, situação que o nosso amigo e companheiro Amukinado tantas e tantas vezes nos descreve: Masturbou-se!!! (atenção: o nosso amigo descreve a sua solidão, não a sua satisfação pessoal, não confundamos...) Sim, é verdade, o nosso Deus Atum masturbou-se, qual acto divino o seu. O problema (será que foi mesmo um problema?) é que o Atum era algo, digamos, excêntrico, e como se a masturbação em si não bastasse o Atum engoliu, repito e enfatizo, engoliu o seu próprio sémen (podíamos pensar que é bastante nutritivo e naquele espaço não havia restaurantes asiáticos, para se comer o mesmo mas com um aspecto mais decente, para assim minimizar a repugnância que este post acabou de causar aos tão púdicos e assíduos [e bonitos segundo O amigo e companheiro] leitores deste tão afamado, repito e enfatizo, afamado blog). Claro que esta história não podia acabar assim, e é aqui, assim como em todo o mito acrescente-se, que as estórias (não confundir com “histórias”) se diferem de fonte para fonte. E afirmo que não é de ânimo leve que coloco toda esta informação aqui, muita pesquisa foi feita para comprovar dados, posso mesmo afirmar que tenho a tese de doutoramento quase concluída com isto! Há quem diga que o Atum cuspiu, e há quem diga que ele simplesmente tossiu, ora como os humanos ainda não tinham sido criados é uma dúvida que permanecerá, não tão existencial, mas que tem o seu quiproquó! Depois do sucedido e dadas as consequências do acto (que veremos adiante) aceito que foi a primeira vez que se sucedeu tal comportamento e acredito que o Atum cuspiu de facto, pois a primeira vez, como sabemos, é sempre a que custa mais. Mas quando cuspiu depois da sua, frise-se, auto-fecundação, o Atum cuspiu o Universo com os seus dois filhos (consequências): Shu (Deus do ar) e Tefnut ou Tetnuf (Deusa da humidade). E porque quem sai aos seus não degenera estes tipos, sabe-se lá porque, tiveram uma carrada de filhos, ou seja, todos os outros deuses (que agora não interessam para o caso).
Mas e a humanidade, e nós e nós perguntam vocês? Pois perguntam e muito bem, é que esta história está longe de terminar (não não está, não se assustem). Há um pormenor acerca do Atum: é que ele só tinha um olho e, mais uma vez como se isso não bastasse - ter só um olho - esse olho tinha a capacidade de sair e andar sozinho enquanto o Atum dormia, o que quanto a mim é um acto muito altruísta da parte do Atum, visto que se ele estava cansado, não obrigava o seu olho a dormir quando ele, Atum, queria! Ora, os putos eram muito irrequietos e um dia perderam-se enquanto o Atum dormia e então o olho foi atrás deles. Quando o Atum acordou viu que estava cego (que frase inteligente: “viu que estava cego” merecia um Nobel por esta) e então fez nascer em si outro olho (mas que capacidade extraordinária). Quando o 1º olho voltou com os putos, e 2º ficou tão feliz de o ver (o olho viu sim, algo de normal e lógico nisto tudo também que calha bem, não é por isso que perde o encanto) que chorou uma lágrima de felicidade chamada Num e foi dessa lágrima que, finalmente, nasceu a humanidade!

Como qualquer boa resposta a qualquer pergunta, esta resposta à minha pergunta cliché só veio levantar ainda mais questões. Ora a consequência primária, a primeira causa que despoletou todo este desencadear de causas e efeitos tão bem explicados pela Física Newtoniana foi tão simplesmente uma, e perdoem-me o palavrão mas este é somente denunciador da minha incredulidade, punheta!!! Epá, só tenho uma coisa a dizer: GENIAL!!!!!! Que inteligentes os gajos pá! Toda a minha vida tem agora uma sentido diferente, sinto-me mais leve (sim de facto sinto-me mais leve…) o que antes era pecado, agora é ACTO DIVINO DE CRIAÇÃO!!!

A partir daqui tirem as vossas conclusões

Assina: HSES ; que é como quem diz: Humilde Servo da Escola Secundária

PS - Claro que depois de tudo isto levantei-me, limpei o cu, lavei as mãos e fui armar-me em Atum.

PPS - Procurei não ferir susceptibilidades pois neste momento isto mais parece um “reality show”: toda a gente diz mal, mas ninguém passa sem ver!!! Desde já as minhas sinceras desculpas por algum eventual descoro que alguém, com certeza, repetirá e enfatizará!

________________________________________________________________

AVISO (!):
O espaço que precedeu este aviso é quase totalmente da responsabilidade de HSES.

Thursday, April 13, 2006

Sem título (do inglês Untitled)

Medicina preventiva: Medicina (do Lat. Medicina s. f., arte e ciência de curar ou atenuar as doenças; sistema medicinal; profissão de médico; fig., aquilo que remedeia um mal.- legal: conjunto de conhecimentos médicos aplicados às questões judiciais) + Preventiva (do Lat. Praeventu adj., próprio para prevenir; que previne; em que há prevenção).
Medicina preventiva e social é a especialidade médica que se dedica à prevenção da doença ao invés de seu tratamento. Desde Hipócrates (pai da Medicina – acho que teve mais filhos mas só se sabe o nome da menina Medicina) que a humanidade tomou consciência para a importância de prevenir...blá..blá...blá...blá MAS QUEM É QUE ELES QUEREM ENGANAR????
Certamente não tinham mais que fazer e inventam-me esta pseudo-chair que não interessa a ninguém (e poupem-me a comments do género: “ah até acho bastante interessante, vocês são mesmo parvos , que falta de chá!!!”)...
Senhor que teve a triste ideia de inventar isto a quem eu não vou chamar IDIOTA porque pode parecer mal....:
“Ora bem, isto faz-se o seguinte, duas horinhas semanais a seguir a BMC e Fisiologia, das 12.00 às 13.00 (que até é boa hora), e depois como bónus uma aula de duas horas por semana para repetir o que foi dito nas teóricas...Ah e já sei...obrigamos os caloiros também a fazerem um diário para repetir MAIS UMA VEZ o que foi dito nas teóricas...e..ora deixa cá ver...boa!!!! um poster e um exame final...Ui LINDO!!!”
Pois vou eu pobre caloiro assistir a umas teoricas disto para ver como era....e apresenta-me temas fantásticos :droga, sexo, alcóol...!!!!! E eu penso que é fantástico, uma vez que com um bocado de sorte ainda encontro os trabalhos que fiz sobre isso no 5º, 6º,7º, 8º e 9º anos (leia-se anos e não ânus) e meto no diário. Quem nunca ouviu falar sobre isto tudo um milhar de vezes!!!!!! Ainda mais giro é que isto é deprimente pra nós e para os profs que lá vão... Chega-se a pontos de as profs decidirem começar a chorar porque ninguém quer saber do que está para ali a ser dito – Isto é verídico!!!!!não é só publicidade.....

Quem é que aguenta este stress todo????? Ainda me dizem "ah e tal toma umas vitaminas que te faz bem...", mas isso é pós maricas!!!eu não tomo dessas coisas, para mim basta um pouco disto (para quem não percebe é suposto carregar em "disto", não é neste "disto", nem no que antecedeu este, é no que está a 5` dos parêntises) ao pequeno almoço e ao deitar ...não há melhor!!!!!


Ps: ah pensavam que isto tinha acabado?????claro que não...ficou cá o mais deprimente de todos os membros....
Ps2:Aqui está o que vou passar a fazer :"Evitar desenvolver conversas com anónimos, annonymous e afins. A quantidade deles é tal que, mais tarde ou mais cedo, a coisa dá sarilho..." Nuno Markl
Ps3:Inconsciente: Pobre Redpill...ainda pensa que alguém vai comentar a porcaria que ele escreve
Ps4: Muito Obrigado VETERANA

Polémicidade do post:Média/baixa

Faltam 21 dias para um post polémico

Redpill
(parem de fazer trocadilhos com o meu nick, eu já percebi o aonde vocês querem chegar...Ao pénis)

Wednesday, April 05, 2006

Férias ou Reforma ??

Não é um adeus definitivo, pelo menos assim o espero... É antes um até breve ou um até sempre.
Há momentos em que temos que saber parar, em que sentimos que perdemos o nosso espaço de manobra, em que passamos a estar permanentemente condicionados por actos passados...
Sinto-me triste... primeiro que tudo e fundamentalmente, triste comigo próprio por ter tido uma atitude na qual de maneira nenhuma me consigo rever... depois, triste por ver este blog, um espaço que para mim é quase que sagrado, transformar-se naquilo que é hoje (pouco mais que um saco de porrada privativo)...
Errei, errei feio, fiz merda da grossa... Já o admiti e admitirei quantas vezes for preciso... Já pedi desculpa a quem devia e, neste momento só isso, bem como a opinião dos meus amigos é relevante para mim...
Não estarei por aqui nos próximos tempos. Não se trata de uma fuga ou um acto de cobardia, mas apenas de considerar que isso é sem dúvida o melhor. Não sei sequer se será um afastamento permanente ou umas simples férias... Será um tempo para reflectir e ponderar se valerá a pena, ou não, regressar...
Tudo nesta vida tem que ter um princípio e um fim, não sei se o meu fim neste blog é este, sinto apenas que, neste momento, estou aqui a mais e estou a prejudicar companheiros que muito estimo e aos quais reconheço valor (literário, humorístico mas essencialmente humano) imenso e a quem agradeço por tudo de bom e mau fizémos e do qual nunca me esquecerei...
A todos os restantes, mesmo aos heróis que me querem bater e me insultam com os piores adjectivos, umas boas férias da Páscoa...
E ... até sempre!

Mas afinal o que é que se passa aqui?????

Pois é... Já uma pessoa não pode fazer um GAP (não se leia Gay And Proud, mas intervalo) e chega aqui e depara-se com uma autêntica batalha campal...

Avisa-se o caro leitor que o comentário que se segue é da inteira responsabilidade do blogue e desprovido de qualquer tipo de brincadeiro.
Primeiro que nada quer deixar bem esclarecido que o Saucer e o restante fractura ERROU e, por isso, PEDIMOS AS MAIS SINCERAS DESCULPAS à pessoa em causa.

Avisa-se o caro leitor que os comentários que se seguem são da inteira responsabilidade do redpill e é provável que encontra resquícios de parvoíce...

É costume eu pensar de mim para mim (entenda-se 99% do tempo em que estou consciente, o restante é para socializar) e nestes últimos tempos tenho me questionado relativamente à natureza humana e a sua relação com a guerra, mas isso agora não interessa nada (o que interessa é nós ser-mos felizes). Pois bem, o ser humano tem uma tendência fascinante para andar em conflito, é impossível estarmos dissociados dele, adora polémica, adora guerra etc... pois neste blogue é fantástico verificar as reacções destes estranhos seres (antes que apareçam para aí "anonymous" todos indignados eu vou responder: Sim. Eu também sou um ser humano) a um mau post, fruto de uma reação espontânea de um individuo à fotografia que tinha sido tirada por outros seres humanos. Pessoas que já liam o blogue à bastante tempo viram numa situação destas a oportunidade ideal para deixar um testemunho... do género:(conversa entre "não sei quem" e um colega)

- Olha já foste ver o novo post do fractura?
- não.
- Ui. demais!!! é muito polémico. deram um tiro ao lado...muito fixe, aproveitei logo para comentar...vai lá e comenta também.

É assim que aparecem comments infelizes do género "escrevem mas mal", olhe se quer criticar, critique, agora não venha para aqui fazer criticas sem qualquer tipo de fundamento só porque teve um instinto animalesco de insultar alguém...
E depois de terem sido efectuados pedidos de desculpas as pessoas insistem... Gera-se uma batalha autêntica guerra e veja-se até aparecem maqueiros, força aérea e consta que para manter o nível até o George Bush vai comentar...Força Aérea????what a fuck...a pergunta onde está???mas por que carga de água vem para aqui também a força aérea criticar, eu quero lá saber que tenhas uma namorada neste curso......Qual não é o meu espanto quando até individuos da UNL aqui aparecem, veio para aqui o individuo dizer que a argumentação é fraca!!!!e a tua? O que tu queres sei eu... chega-se a pontos de aparecerem "gajos" (individuos dotados de um índice de massa muscular acima da média)a afirmarem que nos vão...bater. É como eu digo está nos genes (tinha de fazer menção a BMC)
Mas ainda mais cómico são os comentários a insultar a sheila e a "inês"...
É realmente engraçado ver o prazer que estas pessoas tem em vir todas aqui deixar o seu commentezinho, "ah e tal bora repetir 500 vezes a palavra "infeliz"...é fixe criticar ainda que já se tenha reconhecido o erro e que a pessoa se tenha arrependido". Mais uma vez FRACTURA A PRESTAR SERVIÇO PÚBLICO........

Bem, resumindo, fiz este post para que todas as pessoas possam aqui deixar o seu insultuzinho, avisem todos os vossos amigos e familiares, para que também eles possam disfrutar deste novíssimo serviço, disponibilizado em exclusivo pelo fratura exposta...no fundo o que eu quero fazer é evitar que as criticas estejam disperas em vários posts e possam ficar condensadas num só post de modo a permitir a leitura rápida dos comments por parte de novas pessoas que queiram comentar e repetir o que está dito...No fundo é para facilitar

Momento fofoca:
-Consta que o Vaticano vai efectuar declarações sobre este caso...
-Saucer foi visto a ser treinado por Rambo, e em declarações afirmou que este não era a sua primeira escolha mas SON GOKU estava de férias no Havai a relaxa após o recente término da sua relação com KIKA...

Saudações REDPILIANAS

Monday, April 03, 2006

O Sexo e a Faculdade

Aula de Medicina Preventiva. Estômago a dar horas. Vontade quase incontrolável de partir imediatamente rumo à cantina. Eis que algo me desperta a atenção...e ao auditório todo também... A aula era sobre sexo e a importância dos hábitos sexuais e a saúde...
O doutor era um ginecologista, o que perspectivava ainda melhor as coisas... Contudo, houve algo que me deixou surpreendido... Um ginecologista que não gosta de portas abertas? Hmmm totalmente estranho... No entanto registei que um tal profissional bebe no mínimo uns 33 litros de água por dia a uma frequência de um gole por minuto (para humedecer a língua?)...
Entretanto, e após o senhor mandar calar umas 258 vezes uns colegas da ala direita do auditório aprendi algumas coisas que podem vir a ser úteis num futuro (espero que não) muito longínquo...
Aprendi que existia "virigindade" e que o sexo podia dar-se sem qualquer tipo de penetração/contacto físico (quando o doutor disse que as "curtes" se consideravam uma relação sexual lembrei-me do autêntico bordel em que se transformou uma casa de família como era o Cinderela...) , soube também que existia o chamado "Cancro do Sol" e que o senhor, como bom ginecologista que é, conseguiu informar-nos que e passo a citar "as mulheres mentem muito..." (ora bem estamos a falar de sexo... já ouviu falar de orgasmo fingido?)... e pedir contundentemente "chamem-me nomes" (feios) após referir que gostava de ser criativo face à sexualidade e afirmar que cerca de 5% da população tem síndroma de mão pendente (quando na nossa faculdade todos sabemos que esse número ultrapassa largamente os 30 %)...
Pôs-nos também completamente à vontade e disse que podíamos dizer as asneiras que quiséssemos... eu estive na dúvida entre MERDA ou FODASSE mas depois como não me decidi acabei por não conseguir participar devidamente na dita aula...
Outro facto digno de registo foi o facto do professor não gostar ver gente de pé... ora eu pergunto... onde estaria este senhor se não houvesse coisas em pé? provavelmente no desemprego...
Para terminar gostaria de dizer que considero um escândalo realizarem este tipo de aulas quando existem pessoas que não têm uma vida sexual e sofrem bastante com isso (principalmente porque parti recentemente o pulso e isso impossibilitou umas curtes com a irmã da canhota...) e propôr que, aderindo à nova moda da FML, realizássemos um seminário de partilha de experiências nomeadamente sobre sexo, onde poderiam ser convidadas grandes senhoras dessa indústria como a Jenna Jameson ou a Elsa Raposo, e onde pudesse existir o maior tipo de interacção possível com o público (e as olimpíadas não contam!!!)...

Psshhhttt calem-se!

Assim vai (ou não vai) o sexo na faculdade
So what?... que é como quem diz... e depois?

BMC e a luta anti-terrorista


A nossa caríssima regente de BMC revelou, na aula teórica da passada sexta-feira, quais são os próximos planos da organização terrorista Al-Qaeda, liderada pelo sanguinário Osama Bin Laden... (considerado também o homem com a barba mais sexy do mundo após Zézé Camarinha e o Gandalf...)
Segundo ela, após os terríveis atentados ao World Trade Center, em Nova York, à estação de Atocha em Madrid e ao Metro de Londres, dos quais resultaram milhares de mortes, a organização terrorista árabe lançou-se num novo, arrojado e igualmente maquiavélico plano para atacar o incidente.
Ao que parece, fragmentos com DNA's cujas proteínas agregadas apresentam cintos de explosivos camuflados preparam-se para se introduzir nos núcleos das células e rebentar-se de seguida... Os sempre eficientes poros nucleares pouco poderão fazer para contrariar tal realidade pois correm rumores que existem "células" da Al-Qaeda dentro do núcleo das próprias células que estão prontas a actuar assim que necessário... Esperam-se portanto nos próximos tempos notícias de RNA mensageiros armadilhados que explodem assim que tocam, lisossomas sequestrados que se mandam contra o núcleo ou ribossomas suicídas que rebentam o retículo sonhando em ascender ao céu e encontrar as 72 mitocôndrias virgens prometidas...
Comentando as surpeendentes declarações da professora Carmo, a CIA já reagiu assegurando.. "Tudo já está a ser tratado para assegurar a defesa das células dos aliados... aliás o presidente Bush já concordou em enviar uma boa parte das nossas tropas para os núcleos das células... Resta-me apenas agradecer a brilhante contribuição de uma portuguesa para a segurança nacional americana... creio aliás que desde a cimeira das Lajes nenhum outro "protuguês" tinha feito tanto por nós... Damn it.. como é que não nos lembrámos disto antes?!"
Oragnizações islâmicas por todo o mundo já comentaram esta nova ofensiva da Al-Qaeda referindo que existem células inocentes no meio disto tudo e que, afinal de contas, o mundo ocidental tem que saber distinguir as águas e nem todo o DNA que apresente barbas e burka é susceptível de ser terrorista...
Este é, em suma, um grande passo para a Jihad defendida pelos sectores extremistas àrabes, um passo que o próprio Bin Laden caracterizou, em declarações da sua montanha escondida algures do Norte do Afeganistão à estação televisiva àrabe Al-Jazeera (e também ao Fractura!)... "Trata-se de um novo e decisivo passo na nossa luta contra o Ocidente... A esta passo chamamos Liseh Santa e consiste em tentar destruír a maior parte de células ocidentais que já existem...ou, no caso de não as destruírmos... provocar-lhes os maiores danos e medo possível..."

Pois... isso aqui pelo ocidente chama-se Cancro ou, numa linguagem mais técnica, neoplasia...

Culpas e imperfeições

Nem tudo na vida pode ser perfeito, nem de perto nem de longe. Não há nada nem ninguém que não erre, ou que não tenha falhas, ou que não nos desiluda de vez em quando... É um princípio básico da condição humana, aliada à imperfeição característica da nossa espécie, em antagonia com a perfeita anatomia que aprendemos e decoramos...
Errei. Admito-o. Num momento de, digamos, "euforia" e galhofa tentei brincar com o que não devia ou sequer podia. Foi um erro, repito. Resta-me pedir desculpa por tal...
E peço desculpas especialmente à visada... Não te conheço, creio mesmo que nunca trocámos sequer uma palavra, mas sinto que tenho esse dever... e esse direito também...
Por último tenho apenas que frisar mais uma coisa... Como já disse, concordo que me excedi, que passei a tal linha de que um "fracturante" falava há uns tempos atrás... Contudo... "frustrados"? "complexos de inferioridade"? "ridículos"?... Primeiro que tudo, não generalizemos, a responsabilidade deste post é minha e só minha... Depois... se realmente acham este blog totalmente frustrado e infeliz, porque cá vêm? Também acham realmente infelizes alguns dos textos verdadeiramente brilhantes do redpill ou do amukinado? Ou será que nunca, nem por um momento sequer, nos fizémos rir, nem que fosse um mero sorrisinho de troça a aflorar ao canto dos lábios?
Este blog nasceu para dar uma nova visão da FML a todos os que nela habitam... Gostamos de desmistificar a visão de "antro de cromos" que todos têm da Medicina, quisémos tentar falar de tudo o que nos afecta diariamente em Santa Maria (se possível com uma certa comicidade) e, no meio de uma certa galhofa, dizer algumas verdades e satirizar a sociedade fmélica em que nos inserimos...
Creio, sem falsas modéstias, que o temos vindo a conseguir na maioria das vezes... Considero por isso que não se deve julgar o todo por uma ínfima parte... Este post foi um erro mas não vai ser retirado... Porque os erros assumem-se e não se apagam...
Quanto ao facto de não divulgarmos as nossas identidades, não o fazemos por questões de frustração, falta de coragem ou timidez... julgamos apenas que tal não é relevante, e que assim tem muito mais piada (isto excluíndo o facto de cerca de 73% da população estudantil já saber quem nós somos...)
Espero que este episódio infeliz não vos impeça de continuarem a contribuír para este blog que, de certa forma, também é vosso...
Quanto a nós...
Siga a marinha...!

Saturday, April 01, 2006

A explicação

Devido aos rumores e revoltas que se criaram em torno do post sobre as jovens feias da nossa faculdade fica aqui a explicação. O nosso colaborador saucer começou por escrever sobre as belas jovens da nossa faculdade, mas concluiu que seria bem mais fácil falar das feias. Foi só por isso que surgiu tão desprezável redacção...

ok, ok eu ponho a minha foto...



aí está Saucer da Silva... em todo o seu esplendor!

E viva a nossa faculdade que só tem gente gira (menos eu claro... se eu sou feio assim por fora imaginem por dentro, com a minha personalidade maquiavélica!)

Nunca me viram na FML??? normal... eu só desço à minha vida terrena nas noites de Sexta com lua cheia e também para assistir a umas teóricas de Fisiologia... Por isso é normal que não me encontrem....